Programação Especial para a 7ª Primavera dos Museus

0 Comentários

27/09/2013 às 14:22

O Museu de Artes e Ofícios integra a programação da 7ª Primavera de Museus, organizada pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM). Sob o tema “Museus, Memória e Cultura Afro-brasileira”, o objetivo desta edição é sensibilizar os museus e a comunidade para o debate sobre assuntos da atualidade. O evento ocorre entre os dias 23 e 29 de setembro, com entrada gratuita. No mesmo período, ocorre a Jornada Mineira do Patrimônio Cultural.

7ª Primavera de Museus, no Museu de Artes e Ofícios

Dia 24 – terça-feira – 19h30 – Oficio da Palavra com Nei Lopes – Compositor, escritor e estudioso das culturas africanas.

Além de literatura, a música brasileira e a cultura negra são também temas da 60ª edição do Ofício da Palavra, projeto que traz o cantor, compositor, advogado e historiador Nei Lopes para Belo Horizonte, como parte da programação da Primavera de Museus. Aos 71 anos, o convidado, nascido no subúrbio carioca, é um dos mais importantes artistas e estudiosos do samba no país. Sua carreira como compositor inclui a participação em mais de 600 músicas. Especialista em cultura afro-brasileira, Nei Lopes já publicou cerca de 30 livros.

Dia 25 – quarta-feira – 19h30 – Ampliando Horizontes com Kabengele Munanga

O projeto Ampliando Horizontes, recebe o antropólogo Kabengele Munanga. Na edição especial para a 7ª Primavera de Museus, uma abordagem sobre o tema “Museus, História e Cultura do Negro na Sociedade Brasileira”.

Sobre o tema: As definições do museu são numerosas, considerando sua tipologia e seus objetivos. No entanto, existe uma definição única e fundamental da qual nenhum museu escapa. Em seu sentido mais amplo, o museu seria um espaço público ou privado especialmente preparado para acomodar coleções de objetos de tipos variados, relacionados com aspectos materiais específicos da vida humana, animal ou vegetal presentes ou passados. Na concepção e organização desse espaço, o acento é particularmente colocado sobre a ideia e a vontade da conservação e preservação, proteção e salvaguarda das coleções depositadas nesse espaço. Uma tal definição, embora fundamentada, reduz os museus a uma realidade congelada, estática e inanimada. Deve-se acrescentar ao sentido estático dos museus um sentido dinâmico. Em outros termos, o museu, principalmente universitário, é um centro de pesquisa e produção do conhecimento, um espaço de educação e animação cultural que acompanha o processo de desenvolvimento. Os museus tem uma função pedagógica eloquente. Visto deste ângulo, o que se pode esperar de um museu como espaço complementar no processo de educação multicultural que enfoca a participação, a contribuição, a história e a cultura do negro na sociedade brasileira?

 

Dia 26 – quinta-feira – Abertura da Exposição Ofício & Arte – Exposição dos desenhos selecionados que foram realizados durante as visitas mediadas ao acervo durante 2013 baseados em textos do livro “ABC do Museu”, de Soraia Vasconcelos.

Jornada Mineira do Patrimônio Cultural, no Museu de Artes e Ofícios

Dia 29 – domingo – 11h30 – “Histórias da nossa gente”, com a contadora de histórias Sandra Lane e os músicos Vilmar de Oliveira (voz e violão) e Carlinhos Ferreira (percussão) que apresentarão contos, cantos e brincadeiras da cultura afro-brasileira.

A contadora de histórias Sandra Lane e os músicos Vilmar de Oliveira (voz e violão) e Carlinhos Ferreira (percussão) acreditam que um povo sem história é um povo sem raiz. Transforma-se numa sociedade sem autoestima, perde a própria identidade e nega sua pertinência étnica e cultural. Por isso, o grupo fez um mergulho nos contos, folclore e cultura afro-brasileira. Desta pesquisa configurou-se o espetáculo “Histórias da Nossa Gente”, em que Sandra Lane conta histórias por meio da palavra bem contada, do teatro de sombras e bonecos. As histórias são intercaladas por músicas inspiradas na cultura afro-brasileira.

O Museu de Artes e Ofícios oferece visitas mediadas ao seu acervo, abordando o tema da Cultura Afro-Brasileira de 23 a 27 de setembro, terça a sexta-feira. Visitas devem ser agendadas pelo e-mail: educativo@mao.org.br.

Encontros de Primavera – RIMC 2013

Dia 24 de setembro – 8h às 18h: “Encontros de Primavera – RIMC 2013 e Sala de Leitura – O evento acontece no Teatros Oi Futuro Klauss Viana, na Avenida Afonso Pena, 4001 e tem como tema as ações educativas em museus e conta com palestras e debates com representantes da RIMC e convidados. “

Inscrições gratuitas pelo email: secretariarimc@gmail.com

Serviço Programação:

7ª Primavera de Museus

Dia 24/09 – 19h30 – Oficio da Palavra com Nei Lopes

Dia 25/09 – 19h30 – Ampliando Horizontes com Kabengele Munanga.

Dia 26 – Abertura da Exposição Ofício & Arte

 

Jornada Mineira do Patrimônio Cultural

Dia 29 – 11h30 – Histórias da Nossa Gente – espetáculo

MAO

Para a manutenção de suas atividades, o Museu de Artes e Ofícios tem o patrocínio das empresas Oi, Cemig, Itaú; o apoio da CBMM, CBTU, CCR, Instituto Oi Futuro, Mater Dei e Prefeitura Municipal de Belo Horizonte; e conta com os benefícios das Leis Federal, Estadual e Municipal de Incentivo à Cultura.

 

Museu de Artes e Ofícios (Praça da Estação, Centro, Belo Horizonte)

Horários de Visitação: Terça e sexta-feira, de 12h às 19h

Quarta-feira e quinta-feira, de 12h às 21hs – sendo de 17h às 21h, com entrada gratuita

Sábado, Domingo e Feriado, de 11h às 17h

Valor da entrada: R$ 4,00, com meia entrada conforme a Lei.

 

Assessoria de imprensa – Museu de Artes e Ofícios – AB Comunicação e Cultura

Coordenação: Jozane Faleiro – jozane@ab.inf.br – (31) 3261.1501 / 9204.6367

Jornalismo: Rômulo Medeiros – romulo@ab.inf.br – (31) 3261.1501 / 9204.1837