Museu de Artes e Ofícios recebe premiação Internacional de Educação e Museus

0 Comentários

16/12/2015 às 14:36

Projeto Olhares do patrimônio concorreu com mais de cem iniciativas de doze países da Comunidade Ibero-americana

 

O Museu de Artes e Ofícios (MAO) acaba de ser agraciado com o 6º Prêmio Ibero-Americano de Educação e Museus, do Programa Ibermuseus. O projeto “Olhares do Patrimônio: a valorização e preservação do patrimônio cultural através da fotografia” foi contemplado na categoria  relativa aos projetos em fase de implantação e/ou planejamento, resultando no incentivo financeiro de 10 mil dólares. O resultado foi divulgado após avaliação do Comitê técnico formado por especialistas da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Espanha, México e Uruguai.

 

“É com imensa alegria que recebemos e compartilhamos a notícia deste prêmio. Esta é uma iniciativa de cooperação e integração dos países ibero-americanos para o fomento e a articulação de políticas públicas para a área de museus e da museologia.Trata-se de uma premiação internacional, um reconhecimento do compromisso com as ações educativas do Museu. Nos encaminhamos para o fim deste ano fechando com chave de ouro,comemora a coordenadora de Ações Educativas do MAO, Naila Garcia Mourthé.

 

O projeto deve ser implementado já em 2016 e foi concebido com a proposta de oportunizar a alunos da rede pública e privada de Belo Horizonte e região metropolitana a descoberta, por meio da fotografia, do patrimônio cultural, estimulando a valorização e a proteção de bens materiais e imateriais. A ideia é que os estudantes visitem o acervo fotográfico do Museu – que conta a história do trabalho no Brasil do século 18 ao 20, e depois registrem imagens relacionadas ao assunto dentro de seus lares ou comunidades. Com o projeto, poderão ser reunidos múltiplos olhares sobre o tema ‘trabalho e seus saberes’, entendido como meio de valorização do patrimônio cultural, da história e da memória. “Foi muito importante escrever esse projeto principalmente por poder dar vazão à potencialidade educativa e artística que esse Museu irradia”, explica Rafael Pereira, fotógrafo e educador do Museu de Artes e Ofícios.

 

A 6ª edição do Prêmio Ibero-Americano de Educação e Museus encerrou suas inscrições no dia 30/6, quando foi contabilizado o recebimento de 147 projetos provenientes de 12 países da Comunidade Ibero-Americana: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, Espanha, México, Peru, Portugal e Uruguai.

 

Serviço MAO:

Museu de Artes e Ofícios (Praça da Estação, Centro, Belo Horizonte)

Horários de Visitação:

Terça a sexta-feira, de 12h às 19h

Quarta-feira e quinta-feira, sendo de 17h às 19h, com entrada gratuita

Sábado, Domingo e Feriado, de 11h às 17h – sendo sábado com entrada gratuita

Valor da entrada: R$ 5,00, com meia entrada conforme a Lei.

Professores e estudantes tem entrada gratuita.