MAO recebe o filósofo Mauro Condé, no Ampliando Horizontes

0 Comentários

21/08/2014 às 14:42

O Museu de Artes e Ofícios abre a programação do projeto Ampliando Horizontes, no segundo semestre de 2014, com o professor e doutor em Filosofia, Mauro Condé. No encontro, um debate sobre o tema “Saberes, Artes e Ofícios: Reflexos na Educação Contemporânea”.  O evento ocorre no dia 27 de agosto, quarta-feira, às 19h30, com entrada gratuita, no MAO, localizado na Praça da Estação.

Sobre o tema, Mauro Condé abordará a importância das artes e ofícios na formação da ciência moderna e seus reflexos na educação contemporânea e analisar alguns aspectos históricos da relação entre técnica e arte e da relação entre técnica e ciência. Uma variada gama de trabalhadores manuais, com seu labor e conhecimento prático do mundo, contribuíram não apenas para a configuração de um novo contexto histórico, social e econômico, no qual foi possível o surgimento da ciência moderna, mas também tiveram uma grande importância na própria estruturação do conhecimento científico.

Por que a escola não é uma escola técnica, uma escola do saber fazer? No Ampliando Horizontes, Mauro Condé abordará o desnível entre o ensino teórico e prático no cotidiano das escolas, com o objetivo de permitir a todos os nossos jovens saírem do ensino médio sabendo “pensar”, mas também sabendo “fazer”.

Mauro Condé possui bacharelado em filosofia (1989), mestrado em filosofia (1993) e doutorado em filosofia (2001), todos pela UFMG. Pós-Doutorado na Boston University (EUA) (2009-2010) em temas relacionados à Wittgenstein e Kuhn. Professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) desde 1998, tem experiência nas áreas de Epistemologia, Lógica e História da Ciência, com ênfase em Epistemologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Thomas Kuhn, Ludwik Fleck e Wittgenstein sobre quem publicou dois livros: Wittgenstein: Linguagem e Mundo (Annablume, 1998) e As Teias da Razão: Wittgenstein e a crise da racionalidade moderna (Argvmentvm, 2004), além de ter organizado outros quatro livros em Filosofia e História da Ciência e publicado capítulos de livro e artigos em revistas especializadas. Coordenador do Scientia: Grupo de Teoria e História da Ciência da UFMG foi editor do selo Scientia/UFMG (2004-2008) e editou 12 livros na área de Filosofia e História da Ciência. Orientou uma tese de doutorado sobre a obra de Gödel e onze dissertações de mestrado. Atualmente, orienta cinco teses de doutorado e três dissertações de mestrado. Orientou, ainda, diversas monografias de especialização em filosofia (Temas Filosóficos UFMG)

Ampliando Horizontes

Promovido desde 2008, o “Ampliando Horizontes” faz parte das ações do programa “Trilhas e Trilhos”, realizado pelo Setor Educativo do MAO. Esta ação, oferecida pelo Museu, propõe a criação de um espaço de discussão e debate sobre diversos temas relacionados à instituição museu, patrimônio, universo do trabalho, cultura entre outros. Este projeto é voltado aos educadores que visitam o MAO e a todos os interessados nos temas propostos. Os encontros acontecem uma vez por mês, com a duração de aproximadamente 1h20, sendo 40 minutos de palestra, seguidos por debate com os presentes. O intuito é estimular a reflexão sobre as múltiplas possibilidades de exploração sensível da temática apresentada no MAO. Representantes das artes plásticas, literatura, cinema, música, dança e intelectuais serão convidados para realizar esta tarefa.

MAO

Para manutenção de suas atividades, o Museu de Artes e Ofícios conta com o patrocínio máster da Oi, o patrocínio da Gerdau, do Itaú e Cemig/Governo de Minas e o apoio do Instituto Oi Futuro, Hospital Mater Dei, CBMM, CBTU, CCR e Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, e com os benefícios das Leis Federal, Estadual e Municipal de Incentivo à Cultura.

 

Serviço

Ampliando Horizontes com Mauro Condé

Data/Hora: 27 de agosto de 2014, quarta-feira, às 19h30

Local: Museu de Artes e Ofícios – Praça da Estação, s/nº – Entrada Gratuita

 

Serviço MAO:

Museu de Artes e Ofícios (Praça da Estação, Centro, Belo Horizonte)

Horários de Visitação:

Terça e sexta-feira, de 12h às 19h

Quarta-feira e quinta-feira, de 12h às 21hs – sendo de 17h às 21h, com entrada gratuita

Sábado, Domingo e Feriado, de 11h às 17h – sendo sábado com entrada gratuita

Valor da entrada: R$ 5,00, com meia entrada conforme a Lei.

Professores e estudantes tem entrada gratuita.

 

Assessoria de imprensa

Jozane Faleiro – jozane@ab.inf.br / (31) 9204.6367 / 3261.1501