6 ª turma do Valor Social – novos talentos.

0 Comentários

09/10/2014 às 15:57

O Museu de Artes e Ofícios, por meio do Instituto Cultural Flávio Gutierrez (ICFG), realiza as atividades da sexta turma do Curso de Qualificação de Jovens em Conservação, parte do Programa Valor Social. Nesta edição, mais 30 jovens, de ambos os sexos, com idade entre 17 e 21 anos, residentes em Belo Horizonte e Nova Lima, participarão das atividades até o mês de novembro de 2014.

 

O curso tem duração de seis meses, com aulas de segunda a quinta-feira. Os 30 jovens selecionados são divididos em duas turmas de 15 alunos, em dois turnos, manhã e tarde. Todos recebem alimentação, transporte, material do curso, bolsa auxílio de R$ 250,00 mensais, visitas técnicas às cidades históricas, espaços culturais e prédios históricos. As aulas do curso acorrem no Laboratório de Conservação do Museu de Artes e Ofícios, na região central de Belo Horizonte.

 

O Programa Valor Social busca associar cidadania, arte, cultura e preservação do patrimônio, visando a promoção do desenvolvimento humano e criação de oportunidades para inserção de jovens no mundo do trabalho. Desde a abertura do programa, em 2008, 150 jovens foram qualificados. Atualmente, mais de 85% dos ex-alunos estão inseridos no mercado de trabalho. “O objetivo é oferecer a talentosos adolescentes em situação de vulnerabilidade social uma opção de formação profissional. E, ao mesmo tempo, suprir a demanda de uma mão de obra especializada para a qual existe grande demanda em Minas Gerais, estado com um dos mais importantes e valiosos patrimônios culturais do país”, destaca Angela Gutierrez, idealizadora do programa e presidente do ICFG – Instituto Cultural Flávio Gutierrez.

 

Para alcançar os objetivos propostos, o programa Valor Social é patrocinado pela Gerdau e conta com o apoio da Prefeitura de Belo Horizonte – Secretaria Municipal Adjunta de Trabalho e Emprego, da Prefeitura de Nova Lima – Programa Vida Nova, e com a parceria da Fundação Dom Cabral.

 

MAO

 

O projeto Valor Social tem o patrocínio da Gerdau e para manutenção de suas atividades, o Museu de Artes e Ofícios conta com o patrocínio máster da Oi, o patrocínio da Gerdau, Itaú, Cemig e o apoio do Instituto Oi Futuro, Hospital Mater Dei, CBMM, CBTU, CCR e Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, e com os benefícios das Leis Federal, Estadual e Municipal de Incentivo à Cultura.

 

Serviço MAO:

Museu de Artes e Ofícios (Praça da Estação, Centro, Belo Horizonte)

Horários de Visitação:

Terça e sexta-feira, de 12h às 19h

Quarta-feira e quinta-feira, de 12h às 21hs – sendo de 17h às 21h, com entrada gratuita

Sábado, Domingo e Feriado, de 11h às 17h – sendo sábado com entrada gratuita

Valor da entrada: R$ 5,00, com meia entrada conforme a Lei.

Professores e estudantes tem entrada gratuita.

 

Assessoria de imprensa Museu de Artes e Ofícios

 

Jozane Faleiro – (31) 3261.1501 / 9204.1837