segunda-feira, 17 d novembro d 2014 - Aberto de 12H00 às 21H00
19H00 - 21H00

Museu de Artes e Ofícios promove inclusão social

0 Comentários

17/11/2014 às 19H00

O Museu de Artes e Ofícios, por meio do Instituto Cultural Flávio Gutierrez (ICFG), realiza a formatura da 6ª turma do Valor Social. Ao todo, 30 alunos receberão o certificado de conclusão do Curso de Qualificação de Jovens em Conservação e Restauração de Bens Móveis, parte do Programa Valor Social, apoiado pela Gerdau. O programa é voltado para jovens de ambos os sexos, com idade entre 17 a 21 anos; residentes em Belo Horizonte e Nova Lima, incluindo o bairro Jardim Canadá; estudantes da Rede Pública de Ensino a partir do 9º ano do Ensino Fundamental ou que já tenham concluído o Ensino Médio; oriundos de família considerada vulnerável socialmente, preferencialmente beneficiária do Programa Bolsa Família ou do Programa Vida Nova. A formatura da 6ª turma do Valor Social ocorre no dia 17 de novembro, segunda-feira, às 19h, no Museu de Artes e Ofícios, na Praça da Estação.  

 

O Curso de Qualificação de Jovens em Conservação e Restauração de Bens Móveis teve duração de seis meses, com aulas de segunda a quinta-feira. Os 30 jovens selecionados foram divididos em duas turmas de 15 alunos, em dois turnos, manhã e tarde. Todos receberam vales alimentação e transporte, material do curso, bolsa auxílio de R$ 250,00 mensais, visitas técnicas às cidades históricas, espaços culturais e prédios históricos. As aulas do curso ocorreram no Laboratório de Conservação do Museu de Artes e Ofícios.

 

O Programa Valor Social busca associar cidadania, arte, cultura e preservação do patrimônio, visando a promoção do desenvolvimento humano e criação de oportunidades para inserção de jovens no mundo do trabalho. Desde a abertura do programa, em 2008, 180 jovens foram qualificados. Atualmente, mais de 80% dos ex-alunos estão inseridos no mercado de trabalho. “O objetivo é oferecer a talentosos adolescentes uma opção de formação profissional. E, ao mesmo tempo, suprir a demanda de uma mão de obra especializada para a qual existe grande demanda em Minas Gerais, estado com um dos mais importantes e valiosos patrimônios culturais do país”, destaca Angela Gutierrez, idealizadora do programa e presidente do ICFG – Instituto Cultural Flávio Gutierrez.

 

Para alcançar efetivamente os objetivos propostos, o programa Valor Social é patrocinado pela Gerdau e conta com o apoio da Prefeitura de Belo Horizonte – Secretaria Municipal Adjunta de Trabalho e Emprego, da Prefeitura de Nova Lima – Secretaria de Desenvolvimento Social (Diretoria de Inclusão Produtiva), e com a parceria da Fundação Dom Cabral.

 

MAO

Para manutenção de suas atividades, o Museu de Artes e Ofícios conta com o patrocínio máster da Oi, o patrocínio do Itaú e Cemig/Governo de Minas e o apoio do Instituto Oi Futuro, Hospital Mater Dei, CBMM, CBTU, CCR e Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, e com os benefícios das Leis Federal, Estadual e Municipal de Incentivo à Cultura.

 

Serviço MAO:

Museu de Artes e Ofícios (Praça da Estação, Centro, Belo Horizonte)

Horários de Visitação:

Terça e sexta-feira, de 12h às 19h

Quarta-feira e quinta-feira, de 12h às 21hs – sendo de 17h às 21h, com entrada gratuita

Sábado, Domingo e Feriado, de 11h às 17h – sendo sábado com entrada gratuita

Valor da entrada: R$ 5,00, com meia entrada conforme a Lei.

Professores e estudantes tem entrada gratuita.

 

Assessoria de imprensa Museu de Artes e Ofícios

Jozane Faleiro – (31) 3261.1501 / 9204.1837