terça-feira, 19 d maio d 2015 - Aberto de 12H00 às 21H00
19H30 - 21H30

13ª Semana de Museus

0 Comentários

19/05/2015 às 19H30

O Instituto Cultural Flávio Gutierrez (ICFG) realiza uma série especial do Ampliando Horizontes, promovendo uma itinerância do projeto pelos três museus sob sua gestão,  durante a 13ª Semana de Museus, que nesta edição aborda o tema “Museus para uma sociedade sustentável”. Os convidados do ICFG são o mestre em Ecologia e pesquisador do Pensamento Sistêmico e Sustentabilidade, Carlos Alberto Mourthé Júnior e o mestre em Educação,  professor do ICBS e Pró-reitor Adjunto da Pontifícia Universidade de Betim, Eugênio Batista Leite. Juntos, os educadores falam sobre “Educação e Sustentabilidade”, no dia 17 de maio, no Museu de Sant’Ana (Tiradentes); em 19 de maio, no Museu de Artes e Ofícios (Belo Horizonte); e dia 23 de maio, no Museu do Oratório – Ouro Preto. O objetivo nesta edição é de levantar reflexões sobre os museus e seu potencial para contribuir para sociedades sustentáveis. Dando continuidade ao debate permanente sobre os museus como espaços de guarda, preservação e de difusão do Patrimônio Histórico.

 Educação e sustentabilidade

O que diferencia o ser humano é seu altíssimo potencial solidário. Será que estamos ajudando a construir uma sociedade com novas relações em um contexto de inovação que estimule a cooperação? Quais são as contribuições dos Museus e suas coleções face ao desafio de educar para a sustentabilidade?Resgatar as emoções nos processos educacionais, considerando a diversidade humana, é um dos caminhos apontados pelo mestre em Ecologia e pesquisador do Pensamento Sistêmico e Sustentabilidade, Carlos Alberto Mourthé Júnior.

 Nesse sentido, o Mestre em Educação,  Professor do ICBS e Pró-reitor Adjunto da Pontifícia Universidade de Betim, Eugênio Batista Leite, reflete sobre a implantação da sustentabilidade no interior das  instituições. Destaca a importância do engajamento da comunidade e classifica as instituições como verdadeiros laboratórios de sustentabilidade. Como exemplo, apresenta a prática sustentável no ambiente universitário, ressaltando quatro passos importantes: educar os tomadores de decisões do futuro; investigar soluções e valores que sirvam para uma sociedade sustentável; transformar as universidades em modelos e exemplos; e tornar públicas as ações por meio da comunicação entre alunos e sociedade.